sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Mulheres desconfiadas e o celular do namorado

O site Onepoll.com fez uma pesquisa com 3 mil mulheres para saber se elas se preocupam com o que os namorados e maridos fazem virtualmente. E a mulherada mostrou que está bem preocupada com o que os parceiros aprontam. O que pega são os e-mails e os torpedos que os caras mandam e recebem de outras mulheres.

Um terço das mulheres pesquisadas admitiu que checa o celular (confesso, já fiz isso várias vezes) e o navegador usado pelo namorado para acessar a internet para saber o que ele acessa (isso eu nunca fiz....ainda, hahaha). É um exército de inseguras, de paranóicas, que não confia no que o seu homem diz. E eu me incluo como integrante do batalhão das noias, infelizmente.

Desconfiada, já me vi atrás de mensagens enviadas, recebidas e até de ligações. Tudo no melhor estilo detetive. O que ganhei com isso? A certeza de que estava sendo traída. Doeu tanto, tanto, tanto, que hoje entendo quem desconfia e não faz nada pra saber. Mas eu, confesso, não consigo me fazer de cega e acreditar que o que os olhos não veem o coração não sente. Sou muito curiosa.

Não acho saudável checar e-mail, torpedo, celular. Pelo contrário, acho um desrespeito com o parceiro, com a relação, um atentado à intimidade do cara, etc. E olha que eu confessei aqui que já fiz isso. Mas que dá raiva saber que a mulherada ataca no que é nosso, ah isso dá, viu!. Vontade de mandar um e-mail de volta para a piriguete assim: "Hei, desencosta o seu do meu metal". Mas nessa hora, a gente tem que manter a superioridade, respirar fundo, fechar o celular ou o computador e pensar: ele está comigo porque escolheu estar comigo. E isso é mais importante. Deixar a paranoia entrar pode ser um prato cheio para perdê-lo....pior, perdê-lo para a outra.

Irma

7 comentários:

  1. Confesso que já fiz isso também...kkkkk

    Beijos

    P.S Me identifiquei com o seu blog, dá uma olhadinha no meu http://aninha-2011.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. well.... eu sinceramente não checo nunca chequei e nem checarei... Sei lá perdi esse veio ciúme.
    Mas se desconfio ou fico sabendo de algo não é pra cima da outra mulher que vou não e nem acho que é ela, é meu parceiro que está me traindo, a outra não tem nada a ver com isso e é pra cima dele que vou e vamos tentar rever este relacionamento pra ver se vale a pena prosseguir!
    Penso assim!
    beijocas,
    Mari

    ResponderEliminar
  3. Afffff to fora do desconfiometro....... mas q coça coça...kkkkkkkkkkk
    Saudades
    Bjks em seu heart, Vanessa Ramos
    maquiagemehtudo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. ola, otimo sabado!!!!!visitando alguns blogs encontreo o seu. adorei. muito bacana. parabéns pela ideia. ja estou seguindo vc. visite-me tbm. caso queira me seguir será um prazer. bom fim de semana.bjs

    http://namorarpelanetpodedarcertosim.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Uma vez alguem me disse: Se vc vai procurar, precisa saber o que fazer se encontrar... Vc sabe? Eu respondi: Não. Então... não procure...
    Sigo esse conselho e só vou a caça se sei o que fazer se descobrir...rsrsrs
    Mas... já fizeram isso comigo mais de uma vez e as consequencias foram catastróficas!
    bjo bjo

    ResponderEliminar
  6. ai, ai, ai de novo!!!
    bom, tenho histórias para contar sobre esse tema!tragicômicas, claro!!!
    num é legal o excesso de curiosidade/insegurança, eu sei. mas o sexto sentido feminino sempre indica o caminho e, muitas das vezes, a coisa aparece...

    Um cheiro,
    Zoe

    ResponderEliminar
  7. Querida Irma,

    Como toda esposa zelosa (rs, para não dizer ciumentinha!) já chequei sim o celular do meu marido, mas pouquíssimas vezes.
    Nas vezes que isso aconteceu é porque foram ocasiões onde me senti insegura e colocava eu mesma certas paranóias na cabeça.

    Não é legal uma mulher fazer isso sem motivo.

    Outra coisa: se a mulher decidir fuçar e bancar a detetive, deverá também ter a coragem para tomar uma atitude, pois pior do que ser traída é mostrar pra ele que descobrimos, fazermos ceninhas, escândalos e retomar a rotina do casamento, ou seja, continuar tudo na mesma.

    Por isso sempre digo que, antes de se meter a detetive, pense se vai aguentar a barra de não dizer nada ou se separar.

    Mulher covarde eles odeiam e param de valorizar. Só piora tudo.

    Bjs
    Ótimo post Irma!

    ResponderEliminar